DSC_18592

Sê a mudança que queres ver no mundo

Chamo-me Bruno, tenho apenas 19 anos, dedicado principalmente a emoções aliada à pintura desde os primeiros passos. Nasci e resíduo em Espinho onde dei os primeiros sprays e cresci com a inspiradora praia e tantos outras pessoas.

Em criança, a energia era estonteante, era muito rebelde, traquina, e muito de “peito-feito”, divertido e envergonhado ao mesmo tempo, desportista e claro muito emotivo. O meu pai, sempre me ensinou a ser forte e a acreditar em mim mesmo e nas minhas capacidade o que suscitou uma forte personalidade. Já a minha mãe, deu-me o seu jeito natural feminino em relação a uma vida que elas tanto procuram, ou seja, boa disposição, sonhos, felicidade, firmeza, etc. O que é certo, é que a minha alma acalmava e reconfortava quando o branco e intimidador papel olhava para mim. Era uma fusão de linhas e cores entre lápis a marcadores. Recordo-me de um trolha vir mensalmente ou até semanalmente vir pintar as paredes do corredor e mesmo com a autoridade dos meus pais já tinha vontade de me expressar e sentir a liberdade.

Os anos passaram, muitas marés beijaram esta praia e o que ninguém sabe é que já me disseram que não tinha talento. Se calhar fui forte demais ao dizer isto mas que apenas exigiam muito de mim já que era numa época em que era completamente inocente e ignorante. Como pessoa que sou, pela educação dos meus pais e por toda a inspiração e lições que o hip hop me transmitiu, eu apenas interrogava “o que faço neste mundo? sou tão inútil, de que forma contribuo?”; Foi estas questões que se tornaram em respostas. O que faço neste mundo é despertar emoções e muita cor a todos os olhares, na pintura, onde cada cor suscita algo em mim.

Como consequente, empenhei-me mais e rasbiquei mais. Não para ser bom mas porque procurava cada vez mais formas de eu me sentir bem. Seria hipócrito senão dissesse que “não quero ser mais um; QUERO SER EU!”. Passo a citar, seguir os meus sonhos e principalmente o que gosto de fazer e me faz sentir realizado.

DSC_18592

Hoje, sou uma folha amachucada. Não pelo sentido literal e negativo. Todos nós temos os nossos defeitos, impulsos, exaltações, erros, dissabores, desgostos amorosos, etc. E isso faz-nos crescer e amadurecer ao criar novas páginas em branco. Por isso, apenas após aquela folha que vai para o lixo, na nova, traço uma nova ilustração para o sentido na minha vida (em constante mutuação e actualização-necessidade). Cabe a nós escrever um novo capitulo e deixar as fragilidades na ponta do lápis de forma a que sejamos cuidadosos na forma como traçamos porque a melhor opção é seguir o melhor caminho.

Muito conquistei por mérito próprio, com ajuda de amigos e ou conhecidos. Admiram e apreciam o que faço e o mais gratificante é contactarem-me só para dizer que aquilo que transmite é forte e presente na vida delas. Afinal de contas, parte da motivação são eles que me a dão, posso concluir que, é mesmo o mundo que me rodeia-quotidiano.

Estou prestes a fazer 20anos dos quais são 10 alegorias e 10 primaveras. Duvidei de facto quanto a a gostarem de mim ou então aquilo que faço. Apercebi-me que o NEK é o Bruno caracterizando-os como homónimos. Por ambas as partes, todas as cores reluzem e um ENORME Obrigado a quem me conhece, acompanha e …

DSC_1859

Color yourself!
NEK

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s