nek6

Coragem de Esperança…

“Os olhos do mendigo da rua mostram as lágrimas do sol abatido de uma vida em coragem de esperança, querer ser alguém e viver em liberdade, mas, não a liberdade na rua e sim à libertação dela.”

Impossível não ficar chocado com esta realidade. Nas paredes coloridas encostadas a elas estão estes humanos que se afogam em vícios. Esta sociedade que perdeu os laços e as relações afectivas através de químicos e, este é o seu consumo para a felicidade. Eu percebo perfeitamente o que é um vicio. O meu vicio é o químico da lata e ninguém percebe o quão faz mal mas também mergulho só que não me esqueço dos laços afectivos.

Ou seja, o toxicodependente é cego, não se crê doente, não vê nem deixa ver a sua eloquência, quer livrar-se da substância que o escraviza. Quanto a mim, eu sou escravo deste vicio que é as latas mas, no entanto, sou cego enquanto pinto mas ouço o mundo lá fora e quando observo o que pinto creio que encontro algo que me aspira a mim e aos outros. Não me quero livrar desta doença..

A família do toxicodependente é, em muitos casos, cega face ao problema do filho. Começa por não ver os primeiros consumos. Só se apercebe mais tarde que o filho consome o que, já é de muitos anos, e quando finalmente já não pode deixar de ver continua na sua cegueira.

A minha família é, preocupada em resolver os meus problemas futuros. Apoiam mas admito que, nos meus primeiros consumos não sabiam como e porquê. Ao longo do meu primeiro ano de pintura, investi, e aperceberam-se de que é isto que me move.

A sociedade é cega quando persiste em não querer ver a sua tremenda responsabilidade na degradação da qualidade de vida das famílias. Quase sempre começa na adolescência, a droga encontra um terreno psicologicamente favorável à sua acção eufórica.

O graffiti na sociedade tem grande impacto. Persiste em perseguir os olhares dos observadores e como tal, por vezes, a mensagem não é sempre entregue. Temos os nossos vícios, é certo, mas há um mundo tão vasto que pode ter uma parte nós e temos de lutar por isso e não acabar num canto de uma rua, derrotado.

O meu objectivo nisto é mesmo aspirar um lugar que onde é residido por mendigos que, apesar de não terem muito para mudar a sua vida ou menos que a cor,, apesar de cinzenta, preencha um lugar vazio na sua alma…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s