qtwo

RL Wall of Fame on press – Jornal de Espinho April 10, 2012

“Arte de Rua anima túnel do Rio largo e prova que os graffitis podem ser interventivos”

“Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Almeida Garret, José Saramago, Sophia de Mello Breyner e ainda uma critica a Cavaco Silva. São alguns dos graffitis pintados no túnel do Rio Largo e que têm dado que falar. Com destreza nos traços e uma crítica mordaz, este tipo de arte quer transmitir mensagens e despertar a criatividade de outros artistas. Uma prova que o graffiti não tem de ser vandalismo.

Nek Qtwo é um dos responsáveis pela criação deste mural representativo da realidade artística em Portugal, e que quer passar uma mensagem de intervenção. Um trabalho de laboratório que é feito a quatro mãos (a Nek junta-se os traços de Jode), e pretende inspirar as pessoas.

“Sempre quisemos colocar uma mensagem na rua, inspirados na cultura do hip hop. Foi uma ideia espontânea… Começamos com o Fernando Pessoa e a partir daí continuamos a desenvolver o mural”, contou Nek ao Jornal de Espinho. “O objectivo é passar a sabedoria que nós próprios aprendemos na escola, e que nos inspira. Queremos transmitir isso a quem vê os nossos desenhos, e dar um pouco de nós aos outros, as nossas referencias. Para além disso, queremos também despertar a criatividade em qualquer faixa etaria e fazer aparecer novos artistas”, acrescenta.

As reacções ao seu trabalho tem sido positivas, e as pessoas aplaudem e divulgam, através das redes sociais, os desenhos. E há historias que são o impacto dos graffitis: “Soube de um professor que viu o mural, tirou foto ao Fernando Pessoa e deu aulas com base no desenho. Isso para mim significa muito…” Mas para Nek, muito mais poderia ser feito, até porque considera que o graffiti pode revitalizar zonas mortas no concelho, como era o caso do Rio Largo, após o enterramento da linha. “Gostava de ter mais abertura e mais espaços autorizados e visíveis. Era bom para a própria cidade e ajudava a mudar a mentalidade das pessoas. A cor é como a musica, é revitalizante. Mesmo para os turistas pode ser uma forma de expressão das nossa cultura”, defende.

Nek começou desde miúdo a inteirar-se da cultura que envolve o graffiti, através da musica de grupos como Dealema, Barrako27 e outros pioneiros do hip hop. Somou o seu gosto pela pintura, e influenciado sobretudo pela cultura do graffiti espinhense, e pelos Mc’s da Terra, iniciou-se na arte em 2009. No entanto, só no ano passado começou a levar mais a sério o seu trabalho de artista de rua. “Comecei a ver diferentes tipos de expressão, e como a arte e a pintura eram o ponto-chave do meu interesse, inspirei-me no trabalho de MDR, NGR, Kep, Sak, Soxe, Asor, Noiz, Bako, Tiago Barros entre outros”, adianta. Neste processo destaca o apoio do companheiro Jode mas também da família e professores que sempre o incentivaram na arte do desenho. “Os meus pais preferem que pinte no papel, mas apoiam, e até ajudam, porque fazem uma ‘critica caseira’ do que desenho”, explica.

Quanto as paredes que são apenas assinadas, Nek adianta que “tagar” faz parte do percurso de um artista de rua, que tem de se afirmar e despertar o olhar para o seu trabalho: “Mesmo quando o graff é apenas uma tag isso não significa que seja danificar os espaços públicos, desde que não o façam em propriedade privada ou em monumentos, por exemplo. São vertentes do graffiti… Independentemente do que se desenha, o graffiti deve transmitir uma mensagem , nem que seja através da cor ou do traço”. Para o futuro, Nek quer continuar a “fazer a magia do graffiti prevalecer” e deseja que mais seja feito pela arte. “Devia de haver mais workshops e interacção entre artistas, para que pudessem conhecer esta arte, e terem o contacto com a lata”. Fica a ideia.

Daniela Sá

Mais uma vez, obrigado Daniela pela entrevista e ao Jornal de Espinho!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s