DSC_0937

RL Wall of Fame

Este slideshow necessita de JavaScript.

Venho apresentar-vos mais um pouco e limpar um pouco a imagem não só da nossa maneira de ver o mundo, como do graffiti, bem como do nosso objectivo, … O Rio Largo é uma zona onde está praticamente parada. Um lugar sem duvida meditativo e pacifico onde para qualquer tipo de pessoa possa ir descontrair um pouco apreciando as duas panorâmicas que Espinho oferece: o mar e a urbanização.
A QTWO à muito tem sonhado com este projecto. Não vem por acaso apesar de termos começado a pintar ao acaso. Isto é, sempre quisemos explorar várias vertentes que o graffiti pode apresentar. Queremos expressar de diversas maneiras. E este era local perfeito para a nossa intervenção e dar ênfase ao mesmo sitio.
Logo no topo ficou a ideia de concebermos algo diferente, interventivo e sem duvida sentido. Isto é, referencias da nossa educação ao lado de uma frase que nos tenha marcado na nossa vivência. Para nós tem muito significado, para outros nem tanto mas nada importa mais que tornar um sitio morto em algo mágico e bonito.
Para reforçar o mesmo, temos vindo a receber grandes e imensos elogios quanto ao trabalho feito. Tem-nos criado oportunidade. Mais irónico é pisarmos de redondo e de cara chapada na argola do risco. Sim, este mural é completamente ilegal ! Não sei se me orgulho ou não do mesmo mas nada me importa, nada me faz sentir tão bem que não seja partilhar a outras consciências e olhares a nossa visão periférica deste meio envolvente: o graffiti.
Para reforçar e concluir não somos totalmente marginais, não somos dementes, aliás, está ciente que a desobediência é uma virtude necessária à criatividade. Deste modo, o meu pensamento é realmente diminutivo perante o quantos olhares já se cruzaram ali. Assim, “o que já fiz nao me interessa só penso no que ainda não fiz”.

3 thoughts on “RL Wall of Fame

  1. esta fixe, ate esta engraçado. a nivel cromatico e estetico.
    mas nao tem fundamento nenhum, nao passa qualquer tipo de mensagem. apenas tem as caricaturas e frases de alguns escritores/personalidades portugueses.
    tambem nao se relaciona em nada com o sitio, essas peças poderiam ter sido feitas em qualquer outro sitio. lá está, nao tem qualquer tipo de relação com o espaço envolvente.

    mas é como disseste, nasceu do acaso, por isso………é um acto irrefletido. a quantidade de muro branco utilizado podia ter sido utilizado com uma ideia mais matura.

    mas esta la! continua, o q interessa e a vontade. havias de estudar mais as ideias e a conceptualização das tuas obras, nao so ligar a tecnica.

    • Obrigado pelas palavras e pela sua opinião mas como já referenciei para alguns tem significado outros não. Depende muito do estatuto social que afecte a sua imagem e ou bem mais pessoal. Sempre fui educado e cresci com humildade, o que, estou fiel aos meus principios e ideiais e é com isto que vou aprendendo mais e partilhando o que nesta sociedade já se acentua o decréscimo da interacção. Após e antes de pintar no meu grupo de amigos partilho a minha visão que pode ser ainda mais completa por outras visoes e opinioes, aí cresço, aí está, também, a instrução atrás da obra. Sim podia estudar mais a conceptualização e tudo mais. Mas foi estudada haver este tipo de expressão e interacção por várias razões. Primeiro nao dar muita importância ao fazer bonito e singelo que no olhar seja cativante mas expressar o que as palavras e o meio envolvente nos seduzem. Assim, num modo mais expressivo, rápido, e de querer dar um aspecto antiquado foram umas das razoes.

      Se é maturo ou não você tem o seu critério, para nós somos ainda putos é certo, não somos propriamente doutorados em vivencias e experiencias. Só demos a nossa intervenção. Se afecta politicamente e o que vem na lei é esse o objectivo e consciencializar e refletir. Se algo mais sentido nao se enquadrou interiormente chegará o dia em que irá perceber a visão e o significado. Há manhãs para tudo.

      O mais importante respondendo as suas palavras de o muro nao estar bem aproveitado é como já referenciei e nao me importo de referenciar de novo: o muro é ILEGAL, não há propriamente um conforto em pintar tranquilamente e expressar grandes peças! No que depende-se de mim fazia tudo diferente mas não é possibilitado! Pedir apoio à camara ? Hmm nao me parece! Primeiro o financiamento que nao era compreendido e não cediam. Segundo a arte interventiva neste caso dá mais valor instrutivo e bem estar connosco proprios. Terceiro “desobediencia é uma virtude necessária a criatividade” já o grande Picasso o dizia.

  2. sim, mas o meio envolvente e as tuas caricaturas nao tem qualquer tipo de relação.
    tu quiseste pintar aí apenas porque o muro era branco e grande?
    pela tua justifcaçao essa obra poderia ter sido pintada em qualquer outro sitio que transmitisse tranquilidade, qualquer outro sitio onde se possa reflectir.
    bem, mas visto que utilizas-te a palavra intervençao para caracterizar a tua obra ja esta mais fixe, ja faz mais sentido. eu tambem sou novo, tenho 19 anos. nao estas a falar com um doutor nem nada que se pareça.
    mas conheço isso da desobediencia, sei o que sei hoje porque ja pintei alguns anos. inclusive trains, auto estrada, letrings grandes a rolo, etc. por isso nao me estas a dar novidades, apenas evolui e nao exponho nada ao publico para já, pois sei que nao tenho capacidade para tal. nada me impede de ser pintor de rua novamente.
    mas admiro quem se manda para a praça, por isso continua.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s